Já se falou aqui no Site Sistemas Operativos, do Portal Interesses Pessoais, sobre Malware. Dissemos na altura que tudo o que seja software e/ou outros que simplesmente façam mal ao nosso sistema informático, seja ele o que for (um computador, um servidor, ou uma rede de computadores…) pode ser considerado malware. Assim sendo há algumas artimanhas que os hackers utilizam apenas por maldade e aparentemente com o único objectivo de nos importunar e arruinar uma tarde de trabalho, ou de estudo.

facebook-bug-featurete-interesses-pessoaisJá há algum tempo que se vê nas redes sociais e principalmente no FaceBook, uns Vídeos Falsos, em que se clica e nada parece acontecer,a não ser o simples facto de publicar automáticamente no nosso perfil, uma ligação de partilha de novo para aquele mesmo vídeo, ou então e aqui é que está o perigo, aparece uma nova página e que nos pede dados pessoais para nos indignarmos com a violência do tal vídeo, ou ainda uma outra versão nos pede um pequeno donativo, para as vitimas de desastres naturais, terramoto no Haiti, tsunami Japão, etc.

Não há muito a fazer neste caso de malware a não ser, simplesmente ignorar, evitar a curiosidade natural de querer ver aquele vídeo que nos impele a clicar vezes e vezes sem conta e sem sucesso!

Há que ter em conta que estão já categorizados e declarados oficialmente como Malware por diversas entidades entre elas, empresas conhecidas de Anti-Vírus. Passamos aqui a mostrar alguns exemplos que estão neste momento a correr pelas redes sociais, especialmente no Facebook.

 

video-facebook-interesses-pessoais-nova

Exemplo 1 – Vídeo Falso – A moça que destruiu a vida em 10 segundos – MalWare

video-falso-facebook-02-interesses-pessoais

Exemplo 2 – 1º Ecrã – Vídeo Falso – Professora que quase mata um aluno – MalWare

 

video-falso-facebook-01

Exemplo 3 – 2º Ecrã – Vídeo Falso – Professora que quase mata um aluno – MalWare

Video Falso - Cristiano Ronaldo

Exemplo 4 – Vídeo Falso – Cristiano Ronaldo – MalWare

Video Falso - Charlie Sheen

Exemplo 5 – Vídeo Falso – Charlie Sheen – MalWare

Video Falso - Japão Tsunami - MalWare

Exemplo 6 – Vídeo Falso – Japão Tsunami – MalWare

1º Ecrã - Esquema Malware no Facebook que pede para fazer um update Flash Player

Exemplo 7 – 1º Ecrã – Esquema Malware no Facebook que pede para fazer um update Flash Player

 

2º Ecrã - Esquema Malware no Facebook que pede para fazer um update Flash Player

Exemplo 8 – 2º Ecrã – Esquema Malware no Facebook que pede para fazer um update Flash Player

Esquema Malware via Email do Facebook que pede para fazer um update

Exemplo 9 – Esquema Malware via Email do Facebook que pede para fazer um update

Todos estes exemplos acima são Malwares, que devem ser ignorados e apagados assim que apareçam nos vossos murais de rede social.

Como se pode constatar pelas imagens acima, alguns são básicos e apenas se auto-partilham nos perfis de quem clicar neles, e frustantemente não mostram vídeo nenhum (exemplo 1).

Outros, quando clicados fazem aparecer um pedido de aplicação de facebook (exemplos 2 e 3).

Vídeos relacionados com estrelas de cinema e figuras públicas, com nomes e títulos muito chocantes, alguns em línguas estrangeiras (exemplos 4 e 5). Ora se a pessoa que vos manda o vídeo, não fala italiano, nem vocês próprios, porque raio vão lá clicar? Ah e tal porque é o Cristiano Ronaldo ou o Charlie Sheen….

Desastres Naturais (exemplo 6) Vídeos  a lembrar uma catástrofe natural e que posteriormente pede para fazer um donativo (que vai para à conta pessoal de um qualquer hacker) .

Um pedido de aplicação do facebook que nos pede para actualizar o flash player, caso contrario não vemos o tal do vídeo (exemplo 7 e 8).

Receber um email do facebook, e que não se consegue abrir porque pede um estranho update não muito específico do windows (exemplo 9) é outro caso de malware.

O problema é que estes esquemas e malwares vão mudando de cara e temas e etc, e então como os identificar? O vosso browser de Internet tem uma barra de informação em baixo e que mostra o link de destino de qualquer hiper-ligação, é necessário ter um pouco de atenção e olhar e ver se o destino das hiper-ligações são mesmo para um vídeo do youtube, ou outro portal de vídeos, ou se indica, uma página destino PHP (programação web), ou formato de ficheiro tipo EXE, estes claramente não serão vídeos!

E vocês, já estão cansados de ver os vossos amigos do facebook a partilhar estes vídeos, infinitamente? Conhecem alguém que fez um donativo através do facebook? Partilhem esta informação para estarmos todos mais seguros e livres de malwares!

Adriano Cruz

Adriano Cruz é um profissional de Informática interessado em Internet, Fotografia e blogging. Nos tempos livres escreve nos InteressesPessoais.com sobre Fotografia, Software utilitário e Gadgets...

More Posts - Website