O FocusWriter Portable é, como o nome indica a versão “portátil” do FocusWriter, um editor de texto concebido para evitar distracções enquanto escrevemos, tentando envolver-nos ao máximo no nosso trabalho. Para quem não está familiarizado com aplicações portable, por favor consulte este artigo.

Este é o meu primeiro texto escrito no FocusWriter Portable.

À medida que vou escrevendo, por cada caractere que escrevo, ele faz um som semelhante ao de uma máquina de escrever das antigas, o que para já, parece ser bastante interessante. Vamos ver se com o tempo não se torna um aspecto mau.

FocusWriter - Editor anti-distrações

Quando à questão de não me distrair, parece estar a funcionar, uma vez que em termos visuais não temos mesmo nada.

O único senão, parece ser o facto de não conseguir adicionar imagens ao texto, mas vendo a coisas pelo lado positivo, assim não perco tempo a escolher imagens, coisa que terei muito tempo de fazer no fim de escrever este artigo.

Interface FocusWriter - Editor anti-distrções

Interface FocusWriter – Editor anti-distrções

Penso que também será possível adicionar algumas formatações simples ao texto, mas o melhor será também efectuar isso no final do texto concluído.

Para poder adicionar as tais formatações simples, é necessário deslocar o rato até ao topo da página, e no menu escolher Formato > Converter em texto rico. Só depois as opções de formatação do texto ficam disponíveis nos menus.

O menu Configuração > Definições, apresenta também algumas opções interessantes, tais como o objectivo do dia, que poderá passar por x minutos a escrever, ou mesmo atingir um certo número de caracteres de texto, que se pode especificar.

Interface FocusWriter - Editor anti-distrções

Interface FocusWriter – Editor anti-distrções

Assim, e para concluir, este mostrou ser um utilitário bastante interessante, pois a velocidade com que produzi este artigo foi realmente superior à que é habitualmente, em parte graças à não possibilidade de colocar imagens enquanto escrevo.

Nesta altura, alguns de vocês poderão estar a pensar “mas se não queria colocar imagens enquanto escreve, poderia simplesmente utilizar o Notepad, por exemplo”, mas nesse caso, faltar-me-ia uma ferramenta importante para a escrita, que é o corrector ortográfico em português, que tanto jeito dá para identificar e corrigir erros. Além disso, a interface do DeepFocus também ajuda, pelo simples facto de não ter interface!

E vocês, não precisam de um editor que vos abstraia do meio envolvente e vos ajude a acabar os textos mais rapidamente? Deixem os vossos comentários no final da página 😉

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática interessado em pesca ao achigã, horta/jardim, Internet e blogging. Criou os interessespessoais.com como um projecto para os tempos livres, para divulgar algumas ideias e "matar" o vício de blogging.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus