Com as trovoadas dos últimos dias, vieram os problemas elécrticos nos PCs, desde máquinas que ficaram com a placa de rede queimada até máquinas que nem sequer arrancam.É sobre este último caso que hoje vos informar como poderão vocês mesmos diagnosticar o problema. É claro que, como o computador nem sequer arranca, não poderemos utilizar nenhum utilitário de software para fazer testes ao nosso hardware, pelo que teremos que abrir a caixa de colocar as mãos na massa!
Remover tudo o que não é essencialA primeira coisa a fazer quando um computador não trabalha (não rarranca) é desligar/desmontar todos os componentes que não são essenciais para o seu arranque. Neste inclui-se:- placas PCI, ISA e PCI Express: todas as placas devem ser desmontadas, desde placas de som, de rede, modens, placas com interfaces adicionais (como placas que acrescentam mais entradas USB), deixando apenas a placa gráfica. Até podemos pensar que nenhuma dessas placas tenha problemas, mas basta uma delas ter para o PC não arrancar.- Discos rigidos e leitores CD/DVD: no caso destes basta remover os cabos de energia (não é necessário retirá-los da caixa).
Feito isto, deve tentar-se novamente ligar o computador. Consegue notar-se algum tipo de actividade? Acendeu-se alguma luz de energia na moterboard?

Se obtivermos um ligeiro arranque mas o sistema parar logo a seguir, o mais provável será o problema estar na motherboard ou na fonte de alimentação. É relativamente comum encontrar capacitadores que rebentam em PCs mais antigos, que acabam por verter o liquido do seu interior e causam este tipo de problemas. Verifique os capacitadores da sua motherboard na busca de algum que tenha rebentado – poderá ver liquido castanho na motherboard, ou poderá estar ligeiramente aberto e a babar-se ligeiramente:

Se não existe nenhum problema deste género, está na hora de seguir para o diagnóstico da fonte de alimentação.
Diagnosticar problemas numa fonte de alimentaçãoA fonte de alimentação é o componente do seu computador com a maior probabilidade de falhar, juntamente com discos rigidos e ventoínhas.
Pode-se diagnosticar um fonte de alimentação problemática de duas formas, uma é com um segunda fonte, e outra é colocando a fonte noutro computador. Se tem uma fonte suplente, tente substituir a que lhe parece ter problemas pela que tem a mais. Se não for este o caso, mas se tem outro coomputador, retire a fonte de alimentação desse computador e teste-a no computador que não arranca. É claro que se uma destas duas soluções funcionar, então confirma-se que o problema é da fonte de alimentação. No entanto, para evitar conclusões precipitadas, certifique-se que liga todos os componentes que precisa à fonte. As motherboards mais recentes não necessitam apenas do habitual conector de 20 pinos, mas também de um conector adicional de 4 ou 8 pinos para corrente adicional para o processador ou gráfica.

Voltar a arrancar depois de desmontarSe, depois de todos os componentes não essenciais desmontados o computador arranca normalmente, pode-se então dar inicio aos testes dos vários componentes desligados, testando-os um a um. Vá montando novamente todos os componentes, e a cada um que monta, lique o computador. Quando o computador deixar novamente de arrancar, então o último componente que montou é o que está com problemas.

Já tiveram problemas com o arranque do vosso PC? Deixem os vossos comentários no final da página.

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática interessado em pesca ao achigã, horta/jardim, Internet e blogging. Criou os interessespessoais.com como um projecto para os tempos livres, para divulgar algumas ideias e “matar” o vício de blogging.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus

  • 16
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •