Quando pretendemos testar um design de um website, ou precisamos de mostrar um design a um cliente, temos algumas opções. Podemos fazer FTP dos ficheiros para um servidor que já temos, o que poderá implicar criar novas pastas no servidor, possivelmente proteger essa pasta com password, etc.
Pois bem, na semana passada a Google anunciou que já é agora possível alojar websites HTML/CSS através do Google Drive. As capacidades de publicação do Google Drive suportam também JavaScript, sendo possível correr uma aplicação JavaScript directamente do Google Drive.

De seguia apresento de forma rápida como é possível hospedar um website no Google Drive.

1 – Aceda à sua conta Google Drive (https://drive.google.com) e crie uma nova pasta. Para isso basta clicar no botão vermelho que diz “Criar”, e clique em “Pasta”:

Alojar websites no Google Drive - Passo 1

2 – Atribua um nome à pasta. Não importa o nome que se dá, pois ele não irá aparecer na morada do site.

3 – Clique com o botão direito do rato na pasta que acabou de criar, e escolha a opção Partilhar > Partilhar.

Alojar websites no Google Drive - Passo 2

4 – Abre-se uma janela com as opções da partilha, onde aparece um link para a pasta partilhada. Copiamos esse link para utilizar mais tarde.

Alojar websites no Google Drive - Passo 3

Neste momento, a pasta ainda é privada. Para que o website funcione, teremos que a tornar pública, para isso clicamos no link alterar (como se vê no texto assinalado dentro do quadrado verde na imagem acima).

5 – Abre-se uma nova janela. Vamos escolher a opção “Público na internet”, mas também poderíamos escolher “Qualquer pessoa com o link” no caso de apenas pretendermos partilhar o website com um grupo restrito de pessoas.

Alojar websites no Google Drive - Passo 4

6 – Abrir a pasta e enviar para lá o conteúdo do website – páginas HTML, ficheiros CSS, imagens ou JavaScripts.

Lembra-se do link que copiamos no passo 4? Esse link será semelhante a algo deste género:
https://docs.google.com/folder/d/0B2TgmhltmR2FVZnN5aGttQU0/edit

A parte que está a negrito é o ID da pasta. Agarramos nesse ID e construímos um link deste tipo:
https://googledrive.com/host/0B2TgmhltmR2FVZnN5aGttQU0

Esse novo link será a morada do website. É verdade que não é muito amigável, e não existe forma de lhe atribuirmos um domínio próprio, mas podemos sermpre utilizar um dos vários serviços existentes na internet para encurtar o URL.

É importante lembrar que é necessário ter um ficheiro index.html na raíz da pasta para que o site fucione correctamente, caso contrário o Google irá mostrar a lista de todos os ficheiros existentes dentro da pasta.

Se pretenderem ver um site de exemplo publicado no Google Drive, podem aceder a esta morada: https://googledrive.com/host/0B716ywBKT84AcHZfMWgtNk5aeXM.

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática interessado em pesca ao achigã, horta/jardim, Internet e blogging. Criou os interessespessoais.com como um projecto para os tempos livres, para divulgar algumas ideias e "matar" o vício de blogging.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus