Independentemente do sistema operativo que usem no vosso Raspberry Pi, normalmente vem com um deamon SSH (Secure Shell) a funcionar. Poder aceder através de SSH ao Raspberry Pi pode ser muito útil para levarem o vosso Raspberry Pi a outro nível de utilização. Muitos dos hacks do Raspberry Pi como o overclocking, escrita de scripts de autoarranque, etc. requerem outros níveis de linhas de comando a serem executadas. Como um media center Raspberry Pi está tipicamente disponível sem rato ou teclado, é conveniente aceder ao mesmo por SSH. Vamos então ver como podemos aceder ao Raspberry Pi por SSH.

No exemplo que vos vou mostrar temos o Raspberry Pi com o sistema operativo LibreElec e Kodi 17.4

Activar o Servidor SSH

Quer estejam a usar o OpenElec, LibreElec, Xbian ou Raspbmc, todos permitem acesso SSH ao media center Paspberry Pi. Tudo o que têm de fazer é activar o servidor SSH no vosso media center. Procurem pela opção SSH na definições e assegurem-se de que está activa. Por exemplo, no LibreElec o SSH está localizado em nas definições LibreElec -> Serviços.

Raspberry Pi SSH

Raspberry Pi SSH

Rasperry Pi SSH

Rasperry Pi SSH

Rasperry Pi SSH

Rasperry Pi SSH

 

Dados necessários para SSH

Para aceder por SSH ao Raspberry Pi, são necessários 4 dados:

  • Endereço IP: Podem obtê-lo em Informações de Sistema
  • Porta SSH: normalmente é a porta 22
  • Utilizador: “root” no OpenElec, LibreElec e Xbian, e “pi” no Raspbmc
  • Palavra Passe: “openelec” no OpenElec, “libreelec” no LibreElec, e “raspberry” no Xbian e Raspbmc

Rasperry Pi IP

Rasperry Pi IP

Rasperry Pi IP

Ligar ao Raspberry Pi

O cliente de SSH que usarem para se ligarem ao servidor SSH do Raspberry Pi depende do sistema de onde se estão a ligar. No Linux ou Mac podem utilizar o terminal disponível no sistema. No Windows podem utilizar o PuTTY. No Linux ou Mac usem o seguinte comando para iniciar a ligação SSH:

ssh username@ipaddress

Devem substituir o “username” e o “ipaddress” com os vossos dados. Depois de executarem o comando é solicitada a palavra passe do utilizador. Mais uma vez, no Windows podem utilizar o PuTTY. Independentemente do cliente SSH que utilizem pode surgir um aviso de segurança sobre a ligação ao servidor. Após ligação com sucesso ficamos com a linha de comandos pronta a funcionar.

Poderá também gostar de:


Tiago Ramalho

Tiago Ramalho é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação .NET e PHP e blogging. Nos tempos livres escreve nos interessespessoais.com sobre Jardim, Saúde, Sistemas, utilitários e outros temas relacionados com informática.

More Posts - Website - Twitter - Pinterest - Google Plus

  • 4
  •  
  •  
  • 2
  • 1
  • 1
  •