O Komodo Edit é uma excelente ferramenta para desenvolvimento de aplicações em PHP, por ser completamente gratuita e multi-plataforma. Já vos mostrei o Komodo Edit a funcionar em Windows, mas hoje vou mostrar-vos como colocar esta ferramenta a funcionar no ZorinOS 7 (que é baseado no Ubuntu 13.04), sendo que é válido para qualquer distribuição Linux com ambiente gráfico.

komodo_edit_8_logo

Comecem por fazer o download do Komodo Edit escolhendo o tipo da vossa distribuição Linux 32bit (x86) ou 64bit (x86_64), no meu caso é a versão de 32bit.

Tenham em atenção que todos os comandos abaixo estão de acordo com a versão do download do Komodo Edit à data. Não se esqueçam de usar de acordo com a versão que efectuarem o download.

De seguida abrimos o terminal entramos na pasta onde temos o download do Komodo (no meu caso está na pasta “Transferências”) executando de seguida o comando para descompactar o ficheiro tar do download:

 

Depois de concluída a extracção do ficheiro tar, vamos proceder à instalação, entrando na pasta do ficheiro que descompactamos executando de seguida a instalação:

 

A única informação que a instalação nos pede é a pasta onde queremos instalar o Komodo Edit. Optei por simplesmente carregar em Enter e aceitar a pasta que me é sugerida:

Pasta de instalação do Komodo Edit 8

Pasta de instalação do Komodo Edit 8

Depois de instalado, o Komodo Edit está pronto para funcionar, mas neste momento para abrirmos o Komodo Edit temos de entrar na pasta de instalação e executar a partir daí o Komodo Edit. Tal como no final da instalação nos é sugerido, podemos adicionar o PATH do Komodo Edit às variáveis de ambiente do Linux, para tal executamos as seguintes duas linhas de comando:

 

Com isto já podemos abrir o Komodo Edit simplesmente abrindo a consola e executando o comando komodo

Mas para ficar mais acessível e também mais fácil podemos colocar um atalho no desktop, copiando o atalho que já existe na pasta bin da instalação:

Atalho Komodo Edit 8

Atalho Komodo Edit 8

No desktop o atalho fica com um ícone genérico, mas podemos personalizar o ícone nas propriedades do atalho. Na pasta share da instalação do Komodo Edit temos várias imagens que podemos escolher para o atalho:

Ícone Komodo Edit 8

Ícone Komodo Edit 8

Desta forma basta clicar neste atalho para abrir o Komodo Edit 8.

Tal como vos mostrei no artigo anterior do Komodo Edit para Windows, este suporta debug do código PHP, o que nos ajuda muito o desenvolvimento de aplicações em PHP, pois interpreta o código que escrevemos e avisa-nos de possíveis erros que possamos ter no nosso código. Se não tiverem o PHP a funcionar no vosso Linux podem instalar o LAMP como mostrei neste artigo.

No menu “Edit”->”Preferences” do Komodo Edit activem o “Code Intelligence” e de seguida o interpretador de linguagem PHP:

Komodo Edit 8 Code Intelligence

Komodo Edit 8 Code Intelligence

Komodo Edit 8 PHP Interpreter

Komodo Edit 8 PHP Interpreter

Desta forma pode usufruir das fantásticas funcionalidades desta excelente ferramenta de desenvolvimento e verificarem na hora da escrita do código se existem ou não erros bem como do autocomplete do código que se vai escrevendo.

Tiago Ramalho

Tiago Ramalho é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação .NET e PHP e blogging. Nos tempos livres escreve nos interessespessoais.com sobre Jardim, Saúde, Sistemas, utilitários e outros temas relacionados com informática.

More Posts - Website - Twitter - Pinterest - Google Plus