A Condição If

Uma das condições mais importantes em todas as linguagens de programação é a condição if.

Permitir construir blocos condicionais de código é um princípio fundamental na escrita de software.

Se já usaram outras linguagens de programação, é provável que possam usar já a condição if do PHP, uma vez que é semelhante às restantes linguagens de programação.

Se não for o caso, aqui ficam alguns exemplos para começarem:

 

É muito simples. Declaramos uma variável chamada numero e atribuimos-lhe o valor 42. Na linha seguinte usamos a condição if para verificar se o número é o que esperamos. A próxima linha de código só será executada se a condição if for verdadeira ou true. Se mudarem o número na primeira linha para outro número qualquer irão ver que a linha com o echo não será executada.

Como podem ver estamos a usar dois sinais de igual, mas porquê? No PHP, e em muitas outras linguagens de programação, um único sinal de igual serve para atribuir um valor. Por exemplo, é usado para atribuir um valor a uma variável. Dois sinais de igual têm a função de comparação, ou seja, é usado comparar dois valores. Neste caso usámos dois sinais de igual para comparar dois itens: $numero e 42. Se tivéssemos usado apenas um sinal de igual, 42 seria atribuído a $numero e não iria ser efectuada qualquer comparação.

O PHP vai ainda mais longe, com o operador de três sinais de igual. A diferença se usarmos dois sinais de igual é que o PHP irá somente verificar se os valores são idênticos. Se usarmos três sinais de igual, o PHP vai comparar o valor e o tipo de dados dos dois itens, se os dois coincidirem o resultado da condição será verdadeiro ou true. Aqui está um exemplo:

 

O que fizemos foi comparar a variável com o texto que contém “42” em vez do número 42. Mas como agora usámos três sinais de igual, os tipos de dados já não são os mesmos, uma vez que um é um inteiro e o outro é um texto. Pode parecer algo complicado, mas para já fiquem só com esta ideia: no início um duplo sinal de igual é tudo o que precisam.

A condição Else

Se um dos resultados não for suficiente, porque não seguir para outro resultado? A condição else é a melhor amiga da condição if, pois trata-se de uma alternativa se a condição if falhar. Em código, tem este aspecto:

 

Sempre que o resultado da condição if devolver false, a condição else é executada, se existir alguma. Como viram no primeiro exemplo, a condição else não é necessária se não precisarem dela. Neste caso, procuramos por um animal, o cão, e é escrito no browser uma mensagem dependendo se o encontramos ou não.

Neste exemplo, cada bloco condicional consiste em apenas uma linha de código. É por isso que não usámos as chavetas { }. Num caso onde tenhamos mais de uma linha de código na condição if ou na condição else, têm de estar dentro de chavetas, desta forma:

 

Operadores Diferentes

Nos exemplos anteriores só usámos o operador igual para comparar valores. Existem muitos mais operadores. Cada um deles pode ser usado em vez do operador igual, desta forma:

 != significa “diferente de”, o oposto de == (igual a)

$numero é maior que 30?

 $numero é menor que 30?

 $numero maior ou igual a 30?

 

 $numero é menor ou igual a 30?

Artigo anterior do tutorial PHP:

Variáveis em PHP

Artigo seguinte do tutorial PHP:

Mais condições If em PHP

Poderá gostar também de:


Tiago Ramalho

Tiago Ramalho é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação .NET e PHP e blogging. Nos tempos livres escreve nos interessespessoais.com sobre Jardim, Saúde, Sistemas, utilitários e outros temas relacionados com informática.

More Posts - Website - Twitter - Pinterest - Google Plus

  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  • 1
  •