Rega automatica gota a gota – guia passo a passo

Não deixe de consultar também o guia de implementação de um sistema de rega gota-a-gota com fita de rega e o artigo sobre dúvidas de implementação de rega gota-a-gota.

Para concluir por agora os posts sobre rega automática de jardim, nada melhor que deixar-vos com o meu guia passo a passo para a construção desse tal sistema de rega gota a gota automático.
Como referi noutros posts, utilizei dois tipos de tubo: tubo de 16mm normal, para montagem posterior de gotejadores, e tubo microperfurado. Abaixo deixo uma foto de cada um dos tubos:

Tubo 16mm normal «««««« »»»»» Tubo 16mm microperfurado

Além disso, utilizei gotejadores reguláveis e também programadores de rega Gardena a pilhas. Antes de continuar, quero deixar aqui uma chamada de atenção, no que toca à escolha do programador: escolham apenas programadores que utilizem pilhas de 9 voltes, que são aquelas quadradas, caso contrário, passarão o vosso tempo a trocar pilhas, e além de gastarem bastante dinheiro, vão correr o risco de ter a rega parada durante um ou dois dias, se não tiverem oportunidade de andar sempre a confirmar se regou.

Neste guia apenas vou falar da montagem dos gotejadores, visto que o tubo microperfurado basta esticar e ligar à torneira.

Bom, dito isto, aqui vai então o meu guia ilustrado passo a passo para a construção do sistema de rega de jardim automático:
1 – antes de começar, é necessário reunir todas as ferramentas necessárias para implementação do trabalho. Neste caso, apenas vamos necessitar de uma faca, para cortar o cano sempre que necessário, e um objecto aguçado para furar o cano, que no meu caso foi uma chave busca-polos que apresento na imagem abaixo.

2 – Depois de estender o tubo pelo pé das plantas que se pretendem regar, faz-se um furo na parte do tubo que fica virada para cima, perto da planta. Lembrem-se que estamos a falar de gotejadores e não de aspressores, pelo que o raio de cobertura da rega é mais reduzido, sendo bastante importante que cada gotejador fique o mais perto possível da planta. A imagem que se segue mostra o pormenor do furo:

3 – Seguidamente pega-se no gotejador e aplica-se no cano através do furo. Atenção, que o furo deve ser inferior à conexão do gotejador, para que este fique apertado, caso contrário o cano fica a verter água. A imagem que se segue mostra os gotejadores que utilizo, onde é possível ver também o tamanho do furo do cano em relação ao gotejador:

4 – E pronto, depois de colocar o gotejador (é preciso fazer alguma força), o resultado é o das fotos que se seguem:

Após a colocação

rega_gota_gota
Em funcionamento

Muitas vezes, acontece que o cano que colocamos com os gotejadores passa algo afastado de algumas plantas (nomeadamente árvores ou arbustos) que temos plantadas algo afastadas e dispersas, não compensando colocar mais um cano nessas plantas e, como no meu caso, mais um cano nessas plantas iria implicar a perda de pressão da água e o mau funcionamento do sistema de rega.
Para esses casos, eu faço “uma extensão” no gotejador com um tubo bastante fino (e um pequeno ligador (também disponíveis no AKI):

Aqui fica uma pequena explicação:
1 – A imagem que se segue mostra um exemplo típico de arbustos dispersos, afastados do cano principal que contém os gotejadores:

2 – Volto a fazer um furo no cano, como se para colocar um gotejador normal, mas em vez disso, coloco um ligador como o da imagem que se segue:

3 – Depois corto o cano fino com o comprimento necessário para chegar até à planta pretendida, e coloco-lhe um gotejador na ponta:

4 – Para finalizar, liga-se também ao ligador e pronto, está feita a “extensão” do gotejador, que desta forma chega mais longe, mas sem perder a pressão que iria perder se colocasse mais cano de 16mm:

Está assim concluído o guia.

Não deixe de consultar também o guia de implementação de um sistema de rega gota-a-gota com fita de rega e o artigo sobre dúvidas de implementação de rega gota-a-gota.

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática interessado em pesca ao achigã, horta/jardim, Internet e blogging. Criou os interessespessoais.com como um projecto para os tempos livres, para divulgar algumas ideias e "matar" o vício de blogging.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus

  • Autor

    Esqueci-me de mencionar que as fotos foram todas tiradas com o meu telefone, à medida que fui construindo a rega, daí a falta de qualidade das imagens, mas penso que dá para perceber bem.

    • Hugo Ferro

      Bom Dia, agradeço desde já a publicação do seu trabalho, é sem duvida uma mais valia para mim, uma vez que me encontro a iniciar um projecto de plantação em estufas. A questão que lhe tenho para colocar, é se realmente compensa em relação a outros tipos de rega gota a gota em relação ao consumo energético? Quantos metros se encontra montado o seu sistema de rega? Relativamente a duração das pilhas, de quanto em quanto tempo as muda?
      Obrigado pela sua disponibilidade e atenção e bons negócios.
      Melhores Cumprimentos,
      Hugo Ferro

      • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

        Olá.
        Actualmente tenho cerca de 250 metros de tubo microperfurado e/ou com gotejadores reguláveis.
        Quanto ás pilhas, e como penso já ter indicado aqui no blog num artigo dedicado aos programadores de rega, se utilizador um programador com pilhas de 9 voltes (são as quadradas), deverá dar para 2 a 3 meses sem substituir as pilhas.
        Actualmente já possuo um furo de rega com um programador eléctrico, mas continua a utilizar os programadores a pilhas para zonas afastadas.

  • Vítor Nunes

    Apenas para exprimir o meu apreço pela generosidade demonstrada neste simples gesto de partilhar as coisas mais simples.
    No que me diz respeito, estas indicações serão de enorme utilidade dado que me permitiram perceber que eu próprio poderei montar um sistema em que já penso há algum tempo.

    Vítor Nunes

  • joão colaço

    Andava a pensar montar um sistema de rega automática´depois de ouvir a explicacão dos vendedores de materiais ficava indeciso,mas depois de ler os seus ensinamentos decidi ir comprar o material e proceder eu próprio á montagem, depois direi como me correu a obra. Obrigada e bem haja

    • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá João.

      Espero que tudo corra bem. Qualquer dúvida é só colocar aqui um comentário ;)

      • helder zego

        o ligador tem que estar mesmo dentro do gotejador?

        • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

          Olá Helder.

          Não, o ligador fica no cano principal. O gotejador poderá ficar directamente no cano principal ou ser colocado na ponta do cano mais fino, esse sim, ligado ao cano principal através do ligador.

          Basicamente o ligador só é necessário se pretendermos ter uma extensão em determinados locais para colocar um gotejador afastado do percurso normal do cano principal.

  • Diana Henriques

    Boa tarde João,
    Gostaria de agradecer o seu artigo. Estou a construir um pequeno jardim onde penso adoptar um sistema de rega gota-a-gota e as suas explicações são bastante úteis.
    Tenho uma dúvida que talvez me possa esclarecer: qual a diferença entre a utilização de tubo microperfurado e os gotejadores? Um é melhor que o outro? Utilizam-se em situações diferentes?
    Obrigada
    Diana

  • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

    Olá Diana!

    Bem vinda ao meu blog.

    Várias dúvidas como essa e outras estão explicadas neste artigo: http://interessespessoais.com/jardim/rega-automatica-gota-a-gota-duvidas

    Para aceder a todos os artigos sobre rega basta clicar no menu rega automática ou no menu rega gota-a-gota que se encontram no topo da página. ;)

  • isabel

    Olá podia dizer me onde conseguiu comprar os gotejadores? Obrigada

    • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Isabel, bem vinda ao blog!

      Os gotejadores foram comprados no AKI.

  • Jorge Nobre

    Caro amigo.

    Gostei das dicas, mas tenho um problema quanto ao sistema de bombagem de agua. Qual a pressão para alimentar estes gotejadores? Por outro lado qual o tempo de rega para arvores de médio porte?

    Agradeço a sua atenção

    • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Jorge.

      Para os gotejadores funcionarem bem, o ideal será a água ter 4Kg de pressão, mas se tiver mais pressão também irão funcionar. No entanto, tenho alguns colocados em que a pressão é inferior, e como os gotejadores são reguláveis, é só regular para deixar correr mais ou menos água, para conseguir um fluxo constante em todos os gotejadores do cano.
      Quanto ao tempo de rega, isso aí já não tenho uma resposta concreta: pode variar de acordo com o tipo do terreno e com a regulação dos gotejadores. Terá que colocar o sistema a regar e contabilizar o tempo que leva a regar até ao ponto que achar ideal. Os gotejadores (qualquer que seja a marca), trazem indicação dos litros de água que deitam por hora. Pode fazer a estimativa por essa medida, mas isso depois depende de ter ou não a pressão de água para a qual eles têm esse caudal anunciado.

      • manuel

        Olá. 4 Kg de pressão ????
        então tem tem que levar um redutor de presão para mais ou menos 1,5 kg??? Desculpa a duvida mas tb ando a montar um sistema gota a gota e tb tenho duvidas. Obrigado

  • Daey

    Eu recomendaria antes colocar um “T” em cada gotejador, e não perfurar o tubo.

  • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

    Olá Daey.

    Mas qual será a vantagem do T, pode explicar?
    é que acho que isso além de tornar o projecto mais caro, leva mais tempo a implementar, e será sempre necessário aplicar algum tipo de adaptador para ligar o gotejador.

    Estou enganado?

  • Nuno Gomes

    Caro Alberto
    Desde já felicitá-lo por este site bastante esclarecedor
    Tenho a seguinte dúvida:
    Possuo um sistema de rega automática com 2 circuitos com 4 aspersores cada, sendo que vou colocar pavimento em parte do jardim servido por um dos circuitos.
    Como vou prescindir de um aspersor, queria aproveitar a tubo do mesmo e desvia-lo para um limoeiro que ficará no espaço a pavimentar e colocar ai um gotejador e continuar com o tubo mais alguns metros até um muro onde tenho uma fileira de lauros com cerca de 11 metros e ai em toda a sua extensão colocar um ligador seguido de tubo perfurado…
    A minha dúvida é se ao aproveitar esta ligação não estarei a retirar pressão em demasia ao circuito inutilizando assim os restantes aspersores.
    Em relação ao tubo perfurado, já tenho a experiencia que funciona bem pois tenho-o ligado no outro circuito juntamente com os aspersores, o meu receio é em relação ao gotejador e á pressão que este retira ao circuito…
    Que acha?
    Cumprimentos

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Nuno!

      Pela descrição que fez, o que poderia retirar mais pressão ao circuito seria o cano perfurado, uma vez que é impossível de regular o seu caudal, mas se já o tem ligado e os aspersores não perdem pressão, então certamente não terá qualquer problema com um único gotejador pelo meio do circuito de rega, principalmente se utilizar gotejadores como os que eu utilizei, que permitem regular o caudal ;)

      Depois gostava de ver umas fotos desse projecto! :)

  • filipe santos

    Boas!
    Alguem me pode dizer onde posso encontar aquelas coisas de plastico k serve de proteçao as arvores em crecimento?

    • http://www.interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Filipe.

      Isso talvez exista à venda na Agriloja…
      Sei pelo menos que existe dessa rede em rolo, pois tenho disto lá nas hortas as coisas com essa rede à volta para proteger dos coelhos…
      Em último caso, compra em rolo e constrói os tubos à medida ;)

  • Patricio

    Há alguma Empresa,interessada em fornecer orçamento, para diversos sistemas de rega gota a gota?

    Para 0,5 ha de horticultura, em Africa.

    Tenho um desenho.

  • Manuel

    gostaria de saber qual o comprimento maximo do tubo 16mm que devo utilizar e a que distancia devo deichar os gotejadores

    muito atenciosamente

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Manuel.

      Os gotejadores são colocados à distância que lhe der mais jeito, sendo que o comprimento máximo do tubo irá depender do número de gotejadores que colocar e também da pressão da água. Não lhe sei indicar nenhuma formula para saber ao certo o comprimento máximo…

  • Américo

    Gostava de saber se o tubo 16 mm com gotejadores, ou o tubo microprefurado, funcionam ligado a um depósito,sob o efeito da gravidade,agradecia resposta, obrigado.

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Américo.
      O funcionamento irá depender da força de gravidade que se consiga gerar. Assim, a resposta é talvez!
      Seja como for, no meu entender irá ser sempre melhor por gotejadores, uma vez que dessa forma será possível regular o caudal de água que cada um irá deitar, o que poderá proporcionar um bom funcionamento com uma menor pressão de água.
      No caso do cano microperfurado, penso que será pior, pois ele já vem preparado para determinado caudal por hora para cada microespressor de acordo com a pressão a que o cano se destina.

  • José Oliveia

    Bom dia meu amigo.
    Tenho um quintal na minha casa ali perto do Sobral de Monte Agraço, e este ano queria colocar lá uns pés de morango, que sistema me aconselharia a colocar, uma vez que os morangos necessitam de alguma rega constante.
    Um abraço

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá José!

      Penso que no caso de não estar a falar de muitos pés (até uns 20 ou 30), poderá optar por gotejadores. Se estivermos a falar de mais, o melhor será mesmo fita de rega: http://interessespessoais.com/jardim/rega-gota-a-gota-fita-de-rega/

      • José Oliveira

        Bom dia e antes de mais o meu obrigado pela sua atenção.

        Pois eu vou fazer duas carreiras de plantação de morangos, com mais ou menos 20 pés cada, e não ficam no chão ou seja na terra, pois tenciono colocar os pés já em sacos de plásticos próprios para o efeito, que já vêm com terra própria para tal.
        Estou a pensar fazer um estrado com mais ou menos 50cm de largura por 5 metros de comprimento e a ficar ai a uns 35 cm do chão, com uns pés em madeira, e então ai colocar o tal sistema de rega.Eu não tenho depósito,e queria comprar um programador de rega pois nem sempre estou lá.
        Agora pergunto qual o melhor programador para este sistema, é que eu tenho água de furo e tira com bastante pressão, será que poderei comprar um programador normal?
        Agradecia uma resposta.

        Um abraço

        • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

          Olá José.

          Eu também rego de furo, por isso não tem qualquer problema.

          Quanto ao melhor programador, o melhor mesmo é um programador eléctrico, que permita depois a utilização de electro-válvulas… Claro que isso implica muitos custos… Eu tenho um sistema destes, que implementei logo quando fiz o furo.

          No entanto, para pequenos projectos, e mesmo para alguns recantos onde não me é possível utilizar as electro-válvulas, costumo utilizar programadores a pilhas. Já tenho estes programadores á algum tempo (ainda nem tinha furo). Pode ver os que tenho aqui: http://interessespessoais.com/jardim/rega-automatica-jardim/

          O importante, quando comprar um programador a pilhas é comprar dos que levem pilhas de 9 voltes (aquelas quadradas), pois permitem uma maior autonomia ;)

  • José oliveira

    Boas tardes meu amigo.

    Já comprei no sábado um computador de rega GARDENA C14 + válvula de 2 vias , agora não consigo perceber como é que faço para colocar aquilo a funcionar como sistema de gota a gota, pois o folheto não dá assim uma explicação que se fique a entender, pois se for rega normal tudo bem tem lá os programas ,mas no que diz respeito a gota a gota não esclarece lá muito bem.
    Caso o meu amigo me puder dar uma dicas agradeço.
    Um abraço

    • http://interessespessoais.com Alberto

      Olá José.

      Não existe diferença nenhuma! Os programas apenas servem para dizer quantas vezes e durante quanto tempo é que a válvula abre. O que colocamos depois do programador é connosco: aspersores, tubo microperfurado, tubo com gotejadores, fita de rega… não interessa.

  • josé unha

    Temos nas Hortas Biológicas, implantada a rega gota a gota.
    Foi colocado diverso material.
    Tenha uma questão: Qual a possibilidade de introduzir na tubagem adubo orgânico líquido, falo num processo simplificada.
    Vá encontrei em tempos um exemplo num produtor biológico.
    José Cunha

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      A inclusão de um adubador liquido automático é relativamente simples.

      No inicio do tubo principal (o que sai directamente da bomba de água), aplique um tubo fino, como o que utilizei para fazer a extensão para o gotejador, só que em vez de aplicar um gotejador na ponta dessa extensão, vai mergulhar a extensão dentro do recipiente que contém o adubo liquido, recipiente esse que deverá estar mais ou menos um metro elevado em relação ao tubo principal onde a extensão está ligada.
      Desta forma, conseguirá fazer com que o fluxo de água aplicado pela bomba no tubo principal chupe o adubo liquido, que é assim injectado na água da rega ;)

      • josé cunha

        Obrigado pelo apoio.
        Amanhã vou modificar o sistema e elevar o recepiente.
        Darei notícias
        José Cunha

  • Paulo Marques

    Boa tarde
    Plantei 320 oliveiras num terreno com 4000m2. Acontece que não tenho agua no local e estou a ponderar colocar 4 tanques de 1000 litros cada, a uma altura de 3 metros do solo. A minha duvida reside no facto de saber se tenho peso de agua suficiente opara chegar aos gotejadores mais afastados?

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Paulo.

      Em principio, se os gotejadores forem dos reguláveis, deverá dar, o que pode acontecer é a rega levar muito tempo se a pressão for pouca.

      Uma boa forma de melhorar o sistema será colocar os tanques no meio da área a regar,fazendo com que reguem daí para as pontas.

      Outra coisa importante a considerar é o volume de água a sair do tanque, ou seja, quanto mais caudal tiver o tubo de saída melhor, pois dessa forma consegues-se mais pressão.

  • reinaldo carvalho

    Mais por um exemplo ecológico, aos jovens da familia, decidi brincar um pouco com a água da chuva que armazeno num depósito com cerca de 1000 l situado no terraço da garagem o qual está colocado
    na altura de cercade 3m. do solo. Como pretendo fazer a rega gota a gota no jardim adjacente, a minha pregunta é: que automático a pilhas de 9 v. devo instalar, dado que é necessário um minimo de bars para funcionar-isto na opinião de um funcionário da loja. Fico desde já muito grato pela sua opinião.Guardei para o fim os meus parabéns sincecros pela sua página.

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá, e bem vindo ao blog.
      Infelizmente não lhe consigo dar uma resposta concreta. Tanto quanto sei, o programador limita-se a abrir e fechar a válvula, para abrir e fechar a água na hora marcada, não interferindo em nada com a pressão.
      Em alguns casos o que acontece é os programadores virem acompanhados de uma peça para montar antes, mas para reduzir a pressão da água.
      Em conclusão, penso que o programador irá funcionar mesmo com baixa pressão, mas é mesmo uma questão de arriscar e ver se funciona.

  • Mathias

    Olá!
    No ano passado tentei fazer um sistema semelhante, porém quando fazia o furo com a chave de fenda e instalava o gotejador, a mangueira onde estava instalado o gotejador fica vazando água, como se não estivesse bem instalado… tentei refazer algumas vezes e não consegui. vc teria uma sugestão quanto a isso? veda rosca funcionaria? grato.. abs

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá, bem vindo ao blog!

      Provavelmente utilizou uma chave grande demais. No meu caso, utilizei uma que faz um furo ligeiramente mais pequeno que o tamanho da ligação do gotejador, dessa forma, o gotejador entra apertado, e fica perfeitamente vedado.

      Sinceramente, não sei o que utilizar nesse caso… talvez silicone?

  • nuno

    boas gostava de saber que gotejadores devo utilizar em oliveiras o terreno e imclinado e tem cada fila 18 oliveiras com 6 metros de distancia entre si

    • Alberto Nunes

      Tal como tenho falado em vários comentários e nos artigos, os melhores serão os reguláveis.

  • bruno

    Boas Alberto, gostaria de saber apenas se o tubo de 16mm que fala poderá ser substituido por um de 32 mm ou haverá alterações a nível de pressão. Isto porque possuo o de 32 mm w assim seria uma redução de custos. Quanto à pressão terão cerca de 4kg e serão perto de 15 gotejadores. Obrigado

    • http://interessespessoais.com Alberto Nunes

      Olá Bruno!

      Claro que pode trocar.